banda-saturnina-mia-blun-festival-df-musical-show-ibeti-cultura-brasilia-rock_edited.jpg

Saturnina é classificada para a final do 2º Festival DF Musical

17/07/21

Pela primeira vez nos palcos, a banda Saturnina surpreendeu o público do DF Musical nesse sábado (17/7), no estacionamento 6 do Parque da Cidade. Com a música autoral Gato Mia, o grupo faturou o terceiro lugar e garantiu a classificação na primeira seletiva do evento deste ano. O DF Musical é realizado no formato drive in e é voltado para servidores do Governo do Distrito Federal.

Formada pela internet durante a pandemia do novo coronavírus, a banda Saturnina traz no vocal uma cantora já conhecida da cidade: Mia Blun. Também compositora, a roqueira não perdeu tempo e, ao contrário da maioria dos participantes, deu início ao show já com sua músical autoral de competição: Gato Mia, que mescla blues e rock. O grupo também apresentou a autoral Melancolia por Diversão? e covers caprichados de Alanis Morissette e The Cranberries.

A apresentação foi fervorosa, com direito a performances com gaita, gritos, pulos e interações com o público, que causaram reações ao abordar questões sobre relacionamentos abusivos e traição. As principais influências de Saturnina são o rock alternativo internacional dos anos 90 e grandes nomes da MPB e do rock nacional, como Cazuza, Marina Lima, Kid Abelha, Cássia Eller e Gal Costa.

“Quem achava que o rock estava morto, acabou de quebrar a cara!”, provocou Mia Blun, durante interpretação de Zombie, do The Cranberries.

Torcida de ouro

Na apresentação de estreia, a banda de Mia Blun contou com o apoio e a torcida de nada menos que a já consagrada cantora Juliana Müller, conhecida nacionalmente por interpretar sucessos do axé e da MPB. Também de Brasília, Juliana Müller chegou a dividir o palco com o cantor Saulo e mesmo durante a pandemia tem se apresentado frequentemente nas principais casas de shows da cidade. “Eles simplesmente arrasaram. Gostei de ver!”, incentivou.

FONTE: BRASILIANOTICIAS.COM.BR